Camila Alba (Chapecó, 1995) é artista visual, fotógrafa, arquiteta e urbanista pela UFSC e mestranda na FAU-USP, onde desenvolve pesquisa aliada a seus trabalhos artísticos.

Vive e trabalha entre Florianópolis e São Paulo. Suas linhas de pesquisa desdobram-se sobre as realidades que habitou, utilizando como ferramenta a fotografia analógica associada a práticas contemporâneas e a processos de escrita. Interessa-se pelos vestígios deixados pela passagem do tempo em distintos cenários, resgatando memórias e registrando camadas que contam sobre permanências materiais e afetivas.


Publicou Fruição Pública (Editora Caseira, 2022), livro de artista que investiga as relações entre arte, arquitetura, fruidor e cidade. Foi selecionada nos editais Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura de 2021, com a pesquisa "Paisagem tendência", desenvolvida junto a outros colegas artistas; e nos editais Aldir Blanc de 2020 e 2021. Participou de exposições nacionais como o 17º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Guarulhos e internacionais como a 5ª The Wrong Biennale (2022) e a Emerging Brazilian Photography (Japão, 2022).  Seu ensaio Movimentos telúricos está disponível na galeria Espaço Sem Nome.

 

Foi artista residente no Coletivo Na Casa em 2021. Participa do grupo de estudos e acompanhamento de projetos em arte contemporânea “Imagem, História, Cidade”, com Ivan Padovani e Thiago Navas. Cursou Arte como conhecimento, com Franz Manata, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage;  Arte Contemporânea Brasileira, com Kamilla Nunes; e Fotografia Nas Artes Visuais: Práticas Contemporâneas com Letícia Lampert.

Atua também como pesquisadora, produtora cultural e fotógrafa de arquitetura.

_
Contato

+ 55 47 99723 6696

camila.alba@live.com

 

Fotógrafa de arquitetura @acamialba

Artista visual @cammialba

Siga-me no Twitter

  • w-flickr

Siga-me no Flicker